Brincar como crianças

Já que estamos no mês dedicado às crianças, por que não um post para falar dessa arte de fotografar os baixinhos? Crianças sempre dão um charme a mais, pricipalmente em eventos como casamentos. A grande preocupação de qualquer fotógrafo é retratar a realidade o mais fielmente possível, sem interferir e  deixando à vontade todos que estão comemorando. Sim, é a famosa filosofia de autenticidade que vocês já leram em outros posts.

Muitos fotógrafos não gostam de cobrir aniversários infantis, justamente porque as crianças não páram. Se por um lado isso acaba sendo cansativo e você perde o poder de conduzir algumas coisas, por outro você tem nessas situações exatamente o que tanto buscamos nos eventos adultos: naturalidade.

Para isso, ficam algumas dicas:

– Desista de fazer a criança olhar para a câmera. Os pais e outros adultos de uma festa olham na hora da foto, a criança se olhar é porque realmente queria fazer isso e o resultado é muito mais espontâneo. Se não olhar, vai acabar fazendo alguma gracinha, que todos vão achar lindo depois.

– Fique amigo dos pequenos logo assim que chegar no evento. Binque, pegue no colo, se forem mais velhos combine algumas fotos. Mas principalmente deixe eles brincarem, se divertirem e respeite a hora da soneca, no caso dos bebês.

– Procure sempre ficar da mesma altura da criança quando for fotografá-la, isso ajuda a não deixá-la menor nas fotos. Acredito que a maioria já saiba desse conceito, mas é sempre bom reiterar. Além disso, mais do que nunca sempre procure rebater o flash, não concentre muita luz voltada diretamente para a criança, pois isso pode assustá-la.

Vamos brincar como crianças na hora de fotografá-las. Deixar se contagiar com a sua alegria e cores como inspiração.

  

Anúncios